Variedades

Estudantes de Osasco propõem aplicativo para ajudar a localizar pessoas desaparecidas

Após viver a experiência angustiante de procurar pela irmã deficiente, que desapareceu durante dois dias quando saiu para ir à farmácia, a estudante Maiala Safira Vieira Gomes, de 16 anos, da Escola Técnica Estadual (Etec) Prof. André Bogasian, de Osasco, pensou em criar uma solução para auxiliar na localização de pessoas desaparecidas.

Um ano depois, a ideia começou a ser desenvolvida sob a forma de um aplicativo durante as oficinas do programa Pense Grande 2017 e conquistou o primeiro lugar entre os 60 projetos que participaram da iniciativa. Promovido pela Fundação Telefônica, em parceria com a rede global de empreendedores Impact Hub, o programa tem como objetivo estimular ações de empreendedorismo social entre jovens de escolas públicas.

Durante quatro meses, Maiala e suas colegas do curso técnico de Administração Integrado ao Ensino Médio, Vitoria Mazoni Castillero e Vittória Vieira Zachi, trabalharam na elaboração da proposta, batizada de Find Lost, sob orientação do professor Miguel Del Barco e do especialista da Impact Hub Gabriel Barbieri.

“Graças às redes sociais, conseguimos localizar minha irmã”, conta Maiala. “Mas seria mais fácil se houvesse um aplicativo conectado a um banco de dados, com informações dadas pelas famílias, fotos e mapa indicando a última localização daquela pessoa.”

As estudantes também pretendem integrar o sistema com delegacias e hospitais, ajudando a localizar cidadãos sem documentos que dão entrada nesses locais. “As pessoas registradas como desaparecidas podem constar em boletins de ocorrência, mas seus dados precisam ser cruzados para ajudar a encontrar alguma pista”, afirma.

Ao longo da participação no programa Pense Grande as alunas trabalharam no escopo do projeto e na interface do aplicativo. “O próximo passo será o desenvolvimento do sistema e da infraestrutura de dados, além do lançamento e divulgação do app”, ressalta a jovem. Com a conquista do prêmio, o projeto será credenciado como membro da Impact Hub e poderá contar com apoio de mentores.