Notícias

Enel vaza dados de 280 mil clientes de Osasco; Procon reage

O Procon-SP notificou a distribuidora de energia elétrica Enel para que explique o vazamento de dados cadastrais de 280 mil clientes localizados na Grande SP.

A princípio, os dados acessados pertencem a moradores da cidade de Osasco, mas há indícios de que informações de instalações de outras cidades da Grande SP também tenham sido compartilhados.

Informações como nome completo, CPF, número da conta bancária, endereço e telefone caíram acabaram disponibilizados na internet, o que gerou críticas do órgão.

A empresa tem 72 horas para se explicar e demonstrar quais as medidas de segurança, técnicas e administrativas vai adotar para proteger os dados pessoais de clientes, conforme determina a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Procurada, a Enel afirmou que desabilitou o acesso ao banco de dados e iniciou um processo de verificação interna. Os clientes afetados serão contatados individualmente por e-mail ou carta.

Leia abaixo a nota emitida pela companhia:

“A Enel Distribuição São Paulo reforça que segue rigorosos padrões globais de segurança da informação, baseados nas melhores práticas de mercado, e tem trabalhado continuamente para garantir a segurança de seus sistemas. A empresa acrescenta que prestará todos os esclarecimentos ao Procon”.

Com informações do UOL e Agência Estado